O V Seminário Direitos, Pesquisa e Movimentos Sociais, a ser realizado entre os dias 22 e 26 de setembro de 2015, em Vitória-ES terá em sua programação o minicurso “Pensamento crítico e pesquisa militante na América Latina”, organizado pelo GT Teorias críticas do direito, epistemologias do sul e América Latina.

A seguir, informações sobre o minicurso, que ocorrerá nas noites de 24 e 25 de setembro, contando com indicação de textos para leitura prévia:

MINICURSO
Pensamento crítico e Pesquisa Militante na América Latina

Ministrantes:

– Breno Bringel (Doutor e Professor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da UERJ)
– Emiliano Maldonado (Advogado Popular e Doutorando do Programa de Pós-graduação em Direito da UFSC)
– Jonathan Jaumont (Assistente Social e Mestrando do Programa de Pós-graduação em Serviço Social da UFJF)
– Renata Versiani Scott Varella (Doutoranda do IESP – UERJ e Advogada Popular do Coletivo de Assessoria Popular Margarida Alves)

Ementa:

Os conflitos políticos e as lutas sociais produziram, ao longo da História, vasto, profundo e pulsante pensamento social na América Latina. Nas disputas acerca do futuro das sociedades da região, os sujeitos se enfrentaram também no campo das ideias. Movimentos sociais e movimentos intelectuais se confundiram em dinâmicas contínuas de retroalimentação. Produziu-se, assim, no embate com visões elitistas e positivistas, uma rica tradição crítica interessada em compreender profundamente as raízes dos problemas que enfrentava, assim como produzir alternativas à altura dos desafios presentes.

Neste percurso do pensamento crítico latino-americano, buscou-se construir formas sistemáticas de conhecer a realidade para conseguir transformá-la, rejeitando aplicações mecanicistas de interpretações e marcos analíticos europeus e estadunidenses. São muitos @s autor@s, correntes e coletivos que, com diferentes alcances e olhares, buscaram possibilidades de diálogos, adaptações, rearranjos e recepções críticas de marcos teóricos, construídos, contudo, em conexão com a situação concreta latino-americana, bem como com os movimentos sociais e organizações políticas que se propunham a superá-la. Esses aportes alcançaram níveis importantes de compreensão da realidade latino-americana e deram suporte para significativas lutas pelo continente.

Desse modo, conhecer o pensamento crítico latino-americano implica reconhecer nossa história e compreender nossa realidade, entendendo o intenso processo de imbricação entre a teoria e a prática crítica na tentativa de construir uma América Latina livre e soberana. No entanto, pela radicalidade da ruptura proposta por tais construções, estas pesquisas e autor@s permanecem pouco difundid@s e utilizad@s pela Universidade, sendo necessário o estudo, o resgate e a atualização dessas contribuições.

Este minicurso pretende realizar um breve panorama pelas principais matrizes teórico-políticas que compuseram o pensamento latino-americano, enfatizando os referenciais teórico-metodológicos utilizados a fim de auxiliar a elaboração e a consecução de pesquisas críticas na atualidade. Nos interessa particularmente a conexão entre o pensamento crítico e a pesquisa militante, entendida como um espaço amplo de produção de conhecimento orientado para a ação transformadora, que articula ativamente pesquisadores, comunidades organizadas, movimentos sociais e organizações políticas, em espaços formais ou não de ensino, de pesquisa e de extensão. Deste modo, o presente minicurso almeja ser um espaço de troca de conhecimentos e de frutífero debate que contribua para a atualização das fórmulas de produção de conhecimento crítico tendo em vista a necessidade de se criar uma sinergia criativa para potencializar as ferramentas de interpretação e transformação da sociedade.

Bibliografia:

Recomendamos a leitura de três pequenos textos, que servirão de introdução à temática e devem ser lidos antes da realização do minicurso:

– JARA HOLLIDAY, Oscar (2006). “La sistematización de experiencias y las corrientes innovadoras del pensamiento latinoamericano – Una aproximación histórica”. Disponível em: http://www.cepalforja.org/sistem/sistem_old/oscar_jara-sistematizacion_y_corrientes_innovadoras.pdf

– BRINGEL, Breno; VERSIANI, Renata (2014). “Pesquisa militante e produção de conhecimentos: o enquadramento de uma perspectiva”. Disponível em:  http://netsal.iesp.uerj.br/images/diversos/Texto-base.pdf

– MARINI, Ruy Mauro (1994). “Las raíces del pensamiento latino-americano”. Disponível em: http://www.marini-escritos.unam.mx/086_pensamiento_latinoamericano.html

Informações:

Dias: 24 e 25 de setembro, das 19:00h às 22:00h
Vagas: 60 pessoas
Local: FDV (sala a confirmar).
Inscrições: ipdmscorreio@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 7 =