O Instituto de Pesquisa, Direitos e Movimentos Sociais (IPDMS) vem a público manifestar seu total repúdio aos atos antidemocráticos e violentos que apoiadores extremistas de Jair Bolsonaro realizaram nos prédios do Palácio do Planalto, Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal, no dia 8 de janeiro de 2023, gerando a Intervenção Federal na Segurança Pública do Governo do Distrito Federal, tal como decretada pelo presidente Lula.
Os atos criminosos violam todos os princípios do Estado Democrático de Direito e de garantia da ordem e do patrimônio público, inclusive com a conivência de autoridades públicas e das forças de segurança pública, o que exige uma reação coordenada do governo federal, do Congresso Nacional e do Supremo Tribunal Federal, em conjunto com a maioria da sociedade brasileira defensora da democracia, para responsabilizar os/as agentes envolvidos/as, seja aqueles/aquelas envolvidos diretamente na invasão e depredação do patrimônio público, seja os que atuaram por ação ou omissão para a ocorrência das graves situações vivenciadas hoje.
O IPDMS reforça o apoio irrestrito à democracia, ao Estado Democrático de Direito e à capacidade do Estado de responsabilizar os/as agentes envolvidos e assegurar a manutenção da ordem democrática e das instituições públicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 1 =